FRETE GRÁTIS COMPRAS ACIMA DE R$450
  • FRETE GRÁTIS ACIMA DE R$450,00
  • PRIVACIDADE GARANTIDA
  • FATURA E ENTREGA DISCRETAS
  • 100% SEGURO
  • FEITO NOS EUA | A PRONTA-ENTREGA NO BRASIL
  • FRETE GRÁTIS | COMPRAS ACIMA DE R$450,00
  • PRIVACIDADE GARANTIDA
  • FATURA E ENTREGA DISCRETAS
  • 100% SEGURO
  • FEITO NOS EUA | A PRONTA-ENTREGA NO BRASIL

POR QUE OS BRINQUEDOS SEXUAIS PARA HOMENS SÃO TÃO IGNORADOS SOCIALMENTE?

POR QUE OS BRINQUEDOS SEXUAIS PARA HOMENS SÃO TÃO IGNORADOS SOCIALMENTE?

POR QUE OS BRINQUEDOS SEXUAIS PARA HOMENS SÃO TÃO IGNORADOS SOCIALMENTE?

Por que é socialmente aceitável para uma mulher possuir um vibrador ou outro produto erótico, enquanto que se um homem compra uma Fleshlight ou outro item, muitos o consideram um pervertido? Existe um estigma em torno de todos os assuntos relacionadas ao sexo em nossa sociedade, mas os brinquedos eróticos “masculinos” têm uma porção extra de estigma que prejudica cada um de nós.

Pense nisso, geralmente, o esteriótipo prega que uma mulher tem um ou dois brinquedos sexuais para se masturbar, enquanto que se um homem tem um masturbador, isso significa que ele não é bom o suficiente com as mãos, ou não está "pegando o suficiente." Certa vez, em uma sessão em grupo para pesquisas da empresa, uma colaboradora disse ao seu marido que também participara: “você tem a mim; por que você precisa de uma Fleshlight com o formato da vagina de outra mulher?".

CLASSICA


COMO ASSIM?!

Que tipo de opressão social estamos colocando nos homens?

Na mesma sessão, uma outra pessoa que participava, retornou com a pergunta, "você também tem ao seu marido, e por que você precisa de suas mãos, de um tempo a sós, ou de qualquer brinquedinho sexual?" A colaboradora refletiu por um tempo, ficou vermelha como uma beterraba, e disse: "Acho que sou tendenciosa e insegura."

EM BUSCA DE AVANÇOS

SIM! Todos nós temos preconceitos, inseguranças e anos de paradigmas e pensamentos inconscientes. Você sabia que cerca de 95% dos nossos pensamentos ao longo do dia são inconscientes? Isso significa que para mudarmos o estigma em torno dos brinquedos eróticos masculinos, temos que ser conscientes e deliberados ao reescrever nossas narrativas e desaprender as narrativas sociais em torno desse assunto.

Ao longo dos anos, grande parte do movimento de exploração/liberdade sexual foi direcionado às mulheres. Ainda assim, de nada adianta falarmos em uma liberdade sexual se não permitirmos aos homens a MESMA liberdade de explorar e aprender. Não usamos brinquedos sexuais porque "nossas mãos não são suficientes", ou porque não estamos "pegando nada". Aparelhos e dispositivos para masturbação adicionam diversão, emoção, realismo, novidades, e encorajam a imaginação não apenas para serem usados em conjunto com as respectivas parceiras, mas também para o uso solo, que é o que queremos!

Com o aumento e seriedade das alegações de agressão sexual, parece que quase TODOS os homens ficaram envergonhados com o assunto prazer, e seus desejos sexuais. Às vezes, parece que estamos avançando em alguns aspectos, mas retrocedemos em outros. Podemos ser duas coisas ao mesmo tempo, ou até mesmo cinco!

VIBRATOR

Podemos exigir mudanças e ainda assim, explorar e conhecer a nós mesmos com quaisquer brinquedos sexuais com os quais nos sentimos BEM. Não podemos bloquear a sexualidade masculina e envergonhar os homens simplesmente por terem um pênis, e possuir desejos sexuais. É essencial que todos os gêneros se sintam encorajados a ter uma vida sexual feliz, saudável e segura.

Nos Estados Unidos, quase 80% das mulheres possuem um vibrador, enquanto apenas 45% dos homens possuem ou usam algum brinquedo sexual regularmente. Mulheres dizem usar brinquedos sexuais porque aumentam a experiência e o orgasmo. Claro, a maioria delas poderiam (provavelmente) ter orgasmos apenas com os dedos, mas esse não é o ponto.

Fazer julgamentos sobre os homens por quererem o mesmo aprimoramento e prazer é genuinamente cruel. A maioria dos homem também podem atingir o clímax com as mãos, mas devemos encorajar a imaginação e realismo! É tão divertido explorar nossos corpos por conta própria ou com parceiras.


Três coisas que você pode fazer para ajudar a quebrar o estigma dos brinquedinhos sexuais "masculinos"

Nº 1: leve brinquedinhos para a cama

Se você está se sentindo desconfortável com a ideia de usar um brinquedo sexual sozinho, tente começar com um brinquedo feito para o uso com uma parceira. Comece com um brinquedo projetado para vocês dois usarem!

Um ótimo exemplo de brinquedinho que pode ser usado em conjunto é o Quickshot Vantage.

Quickshot
O Quickshot Vantage tem metade do tamanho de uma Fleshlight tradicional e tem extremidades abertas em ambos os lados para ser usado como um stroker! Pode ser usado como estímulo extra durante o sexo oral ou como um complemento divertido para brincar com as mãos. Ao usar um brinquedinho juntos, você também pode começar a se sentir mais confortável trazendo-o para suas práticas de sexo solo. 

Nº 2: incentive o uso de brinquedos durante a masturbação / sexo solo

Não importa o órgão genital que você tem ou com os quais nasceu - incentive seus parceiros, ou amigos, a usarem brinquedos e se conhecer durante seu tempo de sexo solo! Muitas vezes, fazemos suposições como: "minha parceira não vai gostar se eu usar um brinquedo quando me masturbo". Essas suposições vêm de todos os fatores que discutimos acima, como normas sociais e mídia, e elas nos impedem de tentar coisas novas.

Brinquedos sexuais e produtos para o prazer não podem substituir um relacionamento interpessoal, e não há absolutamente nada de errado em usar brinquedos em suas práticas de masturbação. É importante tentar coisas novas e sentir diferentes sensações e maneiras pelas quais você pode chegar ao orgasmo. Assim como você aprende coisas novas sobre seu corpo com diferentes parceiras, você também pode aprender coisas sobre seu corpo com brinquedinhos!

Nº 3: examine e reflita sobre seus sentimentos (vergonha, incluída!)

Na maioria das vezes, quando nos sentimos julgados por outros, provavelmente isso vem de uma situação de insegurança dentro de nós. Como a masturbação está se tornando uma conversa mais amplamente difundida, ainda teremos oportunidades de crescimento pessoal. Porque há tanta vergonha em torno do sexo e da sexualidade, é muito mais fácil dizer: "Você é estranho por querer fazer isso" do que parar e nos perguntar POR QUE nos sentimos desconfortáveis. O novo pode ser desconfortável, mas o novo não precisa significar "ruim". Pode parecer inerentemente estranho encorajar a masturbação masculina com brinquedos sexuais porque fomos condicionados a acreditar que é estranho. Mas encorajar as pessoas a ter essa liberdade e conhecimento sexual leva a muito mais confiança, felicidade e propriedade ​​porque nos conhecemos ainda melhor. 

Não importa como você decida começar a mudar as estigmas em torno dos brinquedos sexuais para homens, é necessário fazer algo. Portanto, comprometa-se com um dos itens acima e coloque-o em seu calendário nas próximas semanas! Estamos em uma nova era de liberdade sexual, onde podemos realmente aprender o que e quem amamos - por que não viver essa nova era em sua plenitude?