Frete grátis para compras acima de R$450,00!
  • FRETE GRÁTIS | COMPRAS ACIMA DE R$450,00
  • PRIVACIDADE GARANTIDA
  • FATURA E ENTREGA DISCRETAS
  • 100% SEGURO
  • FEITO NOS EUA | A PRONTA-ENTREGA NO BRASIL

Conto erótico: Sexo no ambiente de trabalho.

Comi a minha chefe e me apaixonei.


Quem vê aquela mulher toda executiva, nem imagina que por baixo daquele blazer e calças sociais, se esconde tanto fogo, tamanho desejo por sexo, e um corpo deliciosamente escultural. Eu tirei a prova, e me apaixonei.

Após mais de três anos trabalhando juntos, e com um relacionamento praticamente profissional (poucas aberturas para assuntos sobre as nossas vidas pessoais) eu e minha chefe nos divorciamos aproximadamente na mesma época, e pouco a pouco fomos despertando um interesse recíproco um ao outro. Passando pela mesma situação desconfortante em nossas vidas fora do trabalho, combinávamos alguns happy hours em sextas-feiras, e até festas aos finais de semana com os solteiros da firma, visando tirar o foco da tristeza natural de um divórcio, quando nos demos conta, já estávamos envolvidos, aproveitando um romance ardente com muito sexo.

Na empresa de engenharia onde trabalhamos, somos em 263 funcionários, a maioria homens, tenho certeza que no fundo, todos também têm vontade de ir pra cama com a minha chefe. Acho que ganhei na loteria. Nossa primeira transa aconteceu em seu apartamento, depois de uma noitada com o pessoal da empresa e algumas garrafas de vinho. Não lembro de muitos detalhes daquela noite, mais precisamente, após chegarmos ao seu apartamento, nem da nossa transa, mas lembro nitidamente ter acordado em sua cama no sábado de manhã, sem saber muito bem onde estava, até ver seu rostinho angelical. Meio sem jeito, mas satisfeito por finalmente algo ter rolado entre nós, seguimos as nossas vidas na semana seguinte normalmente, como se aquele acontecimento fosse um deslize que não tornaria a ocorrer novamente. Ela manteve a sua compostura de chefe, exigente, e executiva impecável.

Demorou por volta de 10 dias para ela se reaproximar depois do que rolou. Na cafeteria da empresa, após um reunião, ela me chamou de lado, conversamos abertamente sobre o sexo daquela noite (aquele mesmo que eu mal recordava) e combinamos de nos encontrar novamente para jantarmos em um novo restaurante da cidade. A minha vontade era de repetir a dose, e foi isso que busquei, ao chegar no restaurante fiz questão de tomarmos várias taças de vinho, assim seria mais fácil nos soltarmos, e conversas e mais conversas depois, muitas risadas; o sexo ardeu, estávamos lá, em sua cama mais uma vez, nos beijando como dois adolescentes e aproveitando o prazer de nossos corpos, partimos para um sexo surpreendentemente delicioso. Ela tinha grande experiência e sabia o que fazia, seu corpo sem aquela roupa executiva era perfeito, e eu desta vez, apesar de um pouco alterado com as taças de vinho, estava lúcido o suficiente para lembrar de tudo. Que mulher incrível! Seios siliconados, uma buceta perfeita, que enquanto ela me batia uma punheta, eu a chupava, chupei por mais de 15 minutos seguidos, colocando meu pau ali dentro, quando já estava encharcada, transamos nas mais diferentes posições possíveis, algumas até que eu nem sabia ser possível, ela me guiava.

Não demorou muito para eu me ver apaixonado por ela. Totalmente. Conhecendo a sua personalidade fora do ambiente de trabalho, e mais, sabendo de sua intimidade e a mulher sensual que se tornava fora do escritório, minha cabeça já estava virada. O momento que definitivamente selou a minha paixão por ela, foi quando fizemos sexo dentro da empresa, seu maior fetiche. À partir dali, minha chefe virou a minha Deusa do amor...

Conto-erotico-Sexo-no-ambiente-de-trabalho