Frete grátis para compras acima de R$450,00!
  • FRETE GRÁTIS | COMPRAS ACIMA DE R$450,00
  • PRIVACIDADE GARANTIDA
  • FATURA E ENTREGA DISCRETAS
  • 100% SEGURO
  • FEITO NOS EUA | A PRONTA-ENTREGA NO BRASIL

Ela só quer levar rola no cuzinho

Minha namorada só quer que eu coma o cu dela e nunca quer dar a buceta.


Há mais de três anos tento comer a buceta da minha namorada, mas ela nunca quer me dar, ela diz que só sente prazer ao dar o cu. Sempre que transamos, ela só fica 'de quatro' pedindo para levar pica no cuzinho. Em nosso relacionamento, o sinônimo de sexo é fazer anal, já perdi as contas das vezes que tentei colocar minha pica na boceta da minha namorada enquanto fazíamos anal, e das vezes que brigamos por causa disso, pois ela sempre acaba se aborrecendo quando tento forçar algo.

Nossa vida sexual é bastante ativa, trepamos ao menos três vezes na semana, porém nada de preliminares, nada de enrolação, geralmente tenho alguns segundos para ficar de pau duro, e socar no cu dela, enquanto assistimos algum filme pornô cujo título geralmente é sexo anal.

Ela-so-quer-levar-pica-no-cu

O mais perto que ela me deixa chegar da sua vagina é quando lambo o seu clitóris, o que acontecesse raramente, mas mesmo assim ela faz questão de que ao menos o meu dedo esteja enfiado no seu cu. Sei que isso não é muito comum, geralmente as mulheres que transei gostavam mais de sexo vaginal, enquanto o sexo anal era apenas um bônus, mas com a minha namorada as coisas são inversas. Por mais que eu adore arrombar o cuzinho apertado dela, estou um pouco enjoado de comer cu, e já até pensei em pular a cerca para experimentar uma bucetinha, matar essa vontade que me consome. Ela me prometeu dar a buceta apenas após o casamento, como se fosse um prêmio que ganharei por ter esperado tanto.

Minha namorada me disse que só deu a buceta duas vezes na vida, disse também que essas experiências foram horríveis, que nunca chegou ao orgasmo com a penetração vaginal, que as tentativas foram doloridas e desconfortáveis, e que só passou a apreciar o sexo após experimentar a penetração anal. Desde então as coisas mudaram para ela, pois consegue gozar com um pênis no ânus, por este motivo ela só quer dar a bunda. Tenho certeza que ela já nem tem mais as pregas do cu, de tanta pica que já levou naquele rabinho.

Embora possa parecer estranho eu estar reclamando de ter um só buraco para penetrar, enquanto a maioria dos homens adorariam ter uma oportunidade como esta, a verdade é que como qualquer outra coisa na vida quando demasiada, acaba enjoando, não há muitas variações, e o ritual se repete todas as vezes; basicamente ela fica pelada, se ajeita de quatro com a bunda para o alto, com as suas duas mãos ela abre bem o cú, passa lubrificante na portinha do ânus, e pede para eu enfiar tudo, coloco o meu pau lá dentro até a base, basta poucas penetrações e gozamos juntos, na maioria absoluta das vezes dentro do cu dela mesmo, após isto eu lavo o meu pênis, e nos abraçamos por alguns minutos. É tudo muito premeditado, automático, e robótico, não que seja ruim, longe disso, mas é bastante previsível, e no fim das contas, acaba se tornando tedioso.

Meu grande dilema recai na certeza que enquanto estivermos juntos, mesmo após o casamento, ela sempre vai querer dar o cu, tendo prometido acesso a sua vagina, ou não, ela só sente prazer com o sexo anal, desta forma nunca vai deixar de exigir que eu coma seu rabinho todas as vezes, enquanto o que eu quero mesmo é a vagina, e só dez vez em quando o cuzinho insaciável.

Ela-so-quer-levar-rola-no-cuzinho