Frete grátis para compras acima de R$450,00!
  • FRETE GRÁTIS | COMPRAS ACIMA DE R$450,00
  • PRIVACIDADE GARANTIDA
  • FATURA E ENTREGA DISCRETAS
  • 100% SEGURO
  • FEITO NOS EUA | A PRONTA-ENTREGA NO BRASIL

Fetiche: Sexo em lugares públicos. Proibido é mais gostoso!

A adrenalina gerada pelo risco em serem flagrados fazendo sexo em locais públicos, é o principal motivo de excitação máxima aos adeptos deste fetiche.


O apetite por sexo não tem hora certa para acontecer. Não é como se o nosso corpo fosse programado para sentir vontade de fazer sexo apenas nas segundas quintas-feiras do mês, após as 21 horas e 47 minutos. Muito pelo contrário, basta alguns estímulos daqui, uns pensamentos mais quentes dali, e pronto. Parece que a vontade de transar logo se emerge. Por sorte, é possível - e socialmente recomendado - controlarmos estes instintos, e guardá-los para a hora e lugar propícios. Mas ultimamente para muitos casais mundo afora, não é o que vêm acontecendo, e fazer sexo em lugares públicos é justamente o que lhes dá tesão.

Lugares como parques públicos, praias, piscinas públicas, banheiros de shopping centers, aeroportos, cinemas, já foram e continuam sendo cenários de filmes caseiros de sexo entre casais. Dar aquela rapidinha, torcendo para não ser pego, segundo um casal com vasta experiência no assunto, é o que deixa o tesão diferente: "é uma mistura de adrenalina, com tesão, com culpa, e essa mistura de sentimentos faz com que o orgasmo seja diferente, diferente no bom sentido", afirma Marta*, 26 anos, gaúcha de Santa Maria. O casal ainda diz que é comum procurarem lugares ideais na cidade em que possam retornar com um pouco mais de segurança e transarem depois. Marta revela que nunca foram pegos, mas que caso isso aconteça, eles não vão parar no meio da transa. Para eles, interromper o coito não é parte dos planos.

A justificativa que alguns casais usam para a prática sexual em locais públicos, além da adrenalina gerada em saber que alguém pode estar assistindo-os em um momento tão íntimo, é a possibilidade de sempre poder variar e sair da rotina da transa numa cama, seja na cama da casa onde residem, de um motel, hotel, etc, já não há nenhuma graça na foda tradicional. Ter opções de lugares distintos para o sexo também é um atrativo, e a tara (perversão) por locais públicos, é o que faz os seus desejos arderem.


Poema: Proibido é mais gostoso!

Ali no cantinho,

onde o rio se encontra com o mar

bem no topo das pedras,

há um casal a se esfregar.


Em calorosos amassos,

a praia lotada,

com os mamilos de fora,

ela se faz despistar.


O tesão fala alto,

e a adrenalina é pura,

ele com a piroca já dura,

ela se mete a chupar.


Após uma mamada gostosa,

estão ambos pelados,

se lá debaixo alguém os olha,

o casal vai gozar!

Fetiche-Sexo-em-lugares-publicos (1)
*Marta é um nome fictício, e substitui o nome verdadeiro da mulher em questão, visando manter sigilo ao casal.